Resenha

“Until The Sun Falls From The Sky” – Kristen Ashley

“Mas Fernanda, só tem livros da Kristen Ashley nesse blog!”

Ahh… vocês vão me desculpar, mas quando eu recebi a resenha da Mari, eu tive que postar o mais rápido possível.
Já ficou mais do que claro que eu amo os livros dela, porem esse é melhor ainda.
Garanto a vocês, é maravilhoso esse livro. Ele já até fez parte de uma “Lista de Livros do Mês” (aqui)

Bora começar?!giphy (3)Título: “Until The Sun Falls From The Sky”
Autora: Kristen Ashley
Serie: “The Three”
Volume:
Gênero: Romance, New adult e Fantasia.
Ano: 2012
Nota: 5/5  ❤️‍

Sinopse: A família de Leah Buchanan tem estado ao serviço dos vampiros por cinco séculos. Mesmo assim, Leah não quer ter nada a ver com o legado de sua família. Mas quando ela é convocada para a sua seleção pelo Domínio Vampiro, sob a pressão familiar, ela não tem escolha, a não ser ir.
Lucien tem vivido sob os ditames estritos do Domínio Vampiro durante séculos, mas ele está cansado dessas leis antigas e deseja despojar-se de tudo o que é a essência do vampiro.
Então ele está tomando o controle.
E isto porque Lucien tem assistido e esperado durante décadas por Leah se tornar disponível para a seleção e ele não vai se limitar com o que ele pode fazer com ela. Ele a terá, toda ela.
Portanto, Lucien vai domar Leah, mesmo que ele seja caçado e morto por isso.
O que nem Leah nem Lucien esperavam é o forte vínculo que se formará entre eles, conectando-os em níveis sem precedentes para os mortais ou imortais. E o que vai crescer entre eles significa que eles vão desafiar os seus modos de vida e da sua união começarão as profecias que os torna um dos três casais que irá salvar a humanidade…ou morrer tentando.

 

Resenha por:

mari_botao

Eu nunca pensei que Kristen Ashley e sobrenatural combinavam. Eu tinha me esquecido do super-herói Hawk…
Kristen e sobrenatural, principalmente vampiros, combinam… e muito!

Vamos ao mundo vampiresco do livro:
– Os vampiros estão “escondidos” da sociedade;
– Eles se alimentam de humanos “voluntários”, de gerações de famílias, para serem suas concubinas(os) e são selecionados em uma cerimônia, assinam contrato e tudo;
– Os vampiros ficam com suas concubinas(os) por tempo determinado e depois, essas concubinas são “indenizadas” com casa, comida e roupa lavada;
– Os vampiros são “humanos”, possuem coração batendo, comem comida e andam na luz do sol;
– Eles se alimentam de sangue como de comida normal: três vezes ao dia;
– A saliva deles possui efeitos anestésicos e cicatrizantes tipo Wolverine (em menos de uma hora, como um bebê);
– Vampiros e humanos não devem confraternizar além do sangue… talvez um orgasmo, pois chupar o sangue deixa os humanos alegrinhos, mas só!

Com esse cenário, pense na mocinha desajustada, do tipo que não leva desaforo para casa (alerta de mocinha fodona) e não tem muito saco para aturar conversa de ninguém, nem de professor:

“— Eu vejo que seus estudos não a convenceram de que isso era algo que você gostaria.”
“— Eu fui expulsa, — eu anunciei.”

Ponto para quem gosta de mocinha divertida (se você acha que ser divertida, imatura e louca precisa ter idade determinada, pule essa parte do livro. Como Danoninho não tem idade máxima para comer, personagem principal louca também não). Então, junte essa mocinha divertida com um vampiro conservador de mais de 500 anos. Bem, não conservador, mas que gosta de ser respeitado, gosta de concubinas obedientes, mas imprevistas. Claro, com essa mistura, o amor está no ar. Sério, Lucien sabe ser romântico e não perdeu o rebolado!

Para finalizar, entendam que os vampiros são predadores dos humanos. Eles acham que são a evolução dos humanos, então, analogicamente, eles tratam os humanos como a gente (na vida real) trata os mendigos: tem gente que trata os mendigos como “gente como a gente”, tem gente que trata diferente e tem gente que trata de forma inferior (certo ou errado, isso existe). Então, vai ter cenas que os vampiros tratam Leah como inferior, até usam o termo domesticar/bichinho para ela. Entendendo esse mundo, você consegue identificar quando um vampiro faz isso de forma pejorativa, ou quando é o tratamento enraizado de gerações, ou quando é carinhoso. (Tem gente que apelida a melhor amiga de vaca, gorda e afins. Não deixa de ser carinhoso 🙂 )

“Os olhos de Lucien nunca deixaram Leah.
Eu te amo, ela sussurrou-lhe à mente.
Ele fechou os olhos.
Ele sentiu o calor, mas nada poderia cortar completamente, a dor era muito mais poderosa.
Eu também te amo, querida.

Esse foi o post de hoje meus amores e espero que tenham gostado.
Até o próximo.
BJ BJ 😗😗😗tumblr_nm1zbhsAzk1rd19fwo1_500 Facebook: 26 December
Tumblr:  26 December
Twitter:  26 December

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s